Faço poesia para acender a
chama do Amor que se apaga
frente à frieza dos números
que imperam gerando o
mecanismo da insensibilidade...
da solidão... da desunião...


Faço poesia, na esperança
de despertar nos corações
desencantados, a Fé...
o Amor, o Carinho...


Faço poesia tentando abrir
a janela do horizonte que se
esconde dentro de cada pessoa:
o horizonte de Paz... de Luz...
de Amor... de Felicidade


Deixo aqui minha poesia como
um abraço carinhoso a todos !


- Cida Alfieri -





~ * ~  Agradeço a sua visita  ~ * ~


Cida Alfieri Copyright © 2010| Descalvado|SP